Em 2019, Castelo de Vide volta a reunir B’Nei Anussim do mundo inteiro para “Recuperar e Valorizar a Herança Judaica Perdida”.

A primeira conferência, realizada em dezembro de 2010, e subordinada ao tema “Recuperar a Herança Perdida”, foi um enorme êxito. Castelo de Vide reuniu líderes de vários pontos do globo defensores da causa Anussim – os descendentes de judeus portugueses e espanhóis que foram obrigados a converter-se ao Cristianismo no âmbito da Inquisição e que pretendem agora recuperar a sua identidade judaica. Sob o tema “Recuperar a Herança Judaica”, a conferência abordou a história do povo judeu em Portugal e no Brasil e o sofrimento dos Anussim no que ao retorno à identidade judaica diz respeito.

A organização da segunda conferência resulta novamente de uma iniciativa conjunta da Câmara Municipal de Castelo de Vide e das instituições Netivyah (Israel) e Abradjin (Brasil), duas entidades que defendem a causa dos Anussim. O tema da segunda conferência centra-se agora na “Valorização da Herança Judaica”. Contando com a presença de reputados elementos da comunidade académica e investigadores da área, bem como de personalidades da política e diplomacia portuguesa, brasileira e israelita, a conferência estrutura-se em quatro painéis:

– Recuperar a Herança Perdida. Perspetivas de Diferentes Realidades

– A Salvaguarda do Património Judaico. Materialidades e a Dimensão Intangível

– Os Judeus Convertidos à Força

– Ações e Projetos que Valorizam a Herança Judaica.

Numa altura em que o tema Herança Judaica é mote para diversas iniciativas, de âmbito regional, nacional e internacional, a II Conferência Internacional B’Nei Anussim estabelece complementaridade e prossecução com a estratégia desenvolvida pelo Governo e pelo Turismo de Portugal no que ao Turismo Religioso diz respeito, nomeadamente a Herança Sefardita e Judaica.

A conferência B’Nei Anussim será, com certeza, o palco para evidenciar a herança judaica na identidade portuguesa.